Acesso restritoCONSULTAS SCPC

 

Associação Comercial e Empresarial lança calendário 2018 temático

Associação Comercial e Empresarial lança calendário 2018 temático

O presidente José Ulisses acredita que 2018 será mais favorável para o comércio de Paraguaçu Paulista

A Associação Comercial e Empresarial de Paraguaçu Paulista - ACE – lançou no dia 27 de dezembro último, o Calendário 2018 temático, em coquetel oferecido aos associados e convidados, na sede do Lions Clube.

O Calendário ACE 2018 traz duas principais inovações, de acordo com o presidente da Associação, José Ulisses. Ele conta que, mês a mês, estão sendo tratados temas pertinentes à rotina do empresário como, por exemplo, comunicação institucional e mercadológica, negociação, processo de vendas e legislação. Esses temas serão abordados, futuramente, por meio de palestras, seminários ou cursos que serão oferecidos pela ACE.

Outro destaque do Calendário ACE 2018 é a maneira como foi ilustrado. Cada mês traz uma foto de um recurso turístico em potencial, ou já em atividade, em Paraguaçu Paulista. Neste sentido, um dos diretores da ACE e também diretor municipal de Turismo, Sérgio Henrique Souza Pereira, destacou a importância do turismo como atividade econômica que vise ao desenvolvimento do município.

"Hoje Paraguaçu Paulista é uma estância turística de direito, recebe R$ 2,6 mi por ano para investir nessa área. E começamos a investir essa verba de forma a nos tornarmos estância turística de fato, não apenas de direito. As verbas serão destinadas agora, como no último convênio que assinamos, à recuperação da Fonte Luminosa, do Jardim das Cerejeiras e será criado o Museu Ferroviário de Paraguaçu", informou Sérgio Henrique.

Durante o ano de 2017, passaram 72 mil turistas por Paraguaçu Paulista, segundo dados do Departamento de Turismo. A meta, unindo forças como a da ACE e da Prefeitura Municipal, é aumentar em 15 mil os turistas que escolhem Paraguaçu como destino de lazer.

"Para o comércio de Paraguaçu, 15 mil turistas a mais significa um incremento de R$ 14 milhões no ano, na nossa economia. Uma fatia desse dinheiro pode estar nas empresas do comércio local. Agora o que cada empresário deve fazer é começar a se perguntar o que deve fazer para melhorar seu serviço para atender bem o turista, para que ele gaste seu dinheiro em Paraguaçu, recomende a cidade como um bom destino turístico a outras pessoas e também queira voltar", enfatizou Sérgio.

Sérgio cita como primeiro exemplo para atender bem o turista, a permanência do comércio aberto em horários diferenciados, algo que ainda encontra certa resistência entre os associados da ACE, como aconteceu no período que precedeu as vendas de Natal de 2017.

Para o presidente da ACE, José Ulisses, o papel da associação é justamente o de contornar esse tipo de dificuldade, buscando soluções e alternativas, como forma de “fortalecer o comércio paraguaçuense”. “Não vai ser diferente em 2018, pois temos boas perspectivas, somamos forças com os nossos associados, com os poderes Executivo, Legislativo e Judiciário de Paraguaçu, com a população que nos prestigia. Chegamos inteiros ao fim de 2017 e teremos um ano bem favorável em 2018”, afirmou de forma positiva o presidente da ACE, José Ulisses.

“Chegamos inteiros ao fim de 2017 e teremos um ano bem favorável em 2018”, afirmou o presidente da ACE, José Ulisses

Fonte: Silvana Paiva - Assessoria de Imprensa ACE


<< Voltar


dez jan 2015 2016

CURSOS E EVENTOS


Veja todos

PARCEIROS